63% das mães brasileiras apresentaram sintomas depressivos na pandemia e Lei na Paraíba garante diagnóstico precoce – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

63% das mães brasileiras apresentaram sintomas depressivos na pandemia e Lei na Paraíba garante diagnóstico precoce

Pesquisa realizada pela faculdade de Medicina de Ribeirão Preto mostrou que 63% das mães brasileiras tiveram sintomas depressivos durante a pandemia. Perda de trabalho e exaustão materna são apontadas como as causas mais comuns para desencadear o problema. Neste domingo (8), Dia das Mães, a deputada estadual Camila Toscano (PSDB) destacou a Lei 11.388/2019, de sua autoria, que cria na Paraíba a Política de Diagnóstico e Tratamento da Síndrome da Depressão. A iniciativa tem o objetivo de detectar a doença ou evidências de que ela possa vir a ocorrer, visando prevenir o seu aparecimento

“É bom lembrar que a balança nunca foi equilibrada e ainda que tenhamos avanços sociais e culturais consideráveis, fica com a mulher uma das cargas mais pesadas ao criar e educar filhos: a demanda emocional. A Lei em vigor na nossa Paraíba prevê a realização de pesquisas visando ao diagnóstico precoce da depressão e seus distúrbios; evitar ou diminuir as graves complicações para a população decorrentes do desconhecimento acerca da depressão e seus tipos, bem como aglutinar ações e esforços para maximizar seus efeitos benéficos”, destacou a deputada.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) realizada pelo IBGE,  apontou que cerca de 7 milhões de mulheres deixaram seus postos de trabalho no início da pandemia, 2 milhões a mais do que o número de homens na mesma situação. O desemprego, a sobrecarga das tarefas domésticas e o cuidado com os filhos foram os principais fatores apontados pelo aumento do casos de depressão entre as mulheres que são mães.

Camila destaca também que todos os anos, o suicídio aparece entre as 20 principais causas de morte no mundo, para pessoas de todas as idades. Só ele é responsável por mais de 800 mil mortes – o que equivale a um suicídio a cada 40 segundos. Dados do Ministério da Saúde mostram que são registrados uma média de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens.

Calcula-se que aproximadamente 96,8% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais, conforme o Ministério. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e do abuso de substâncias. Com esses números, o suicídio encontra-se entre as três principais causas de morte em indivíduos com idade entre 15 e 29 anos no mundo.

Na Lei

Também é previsto a identificação, cadastramento e acompanhamento de pacientes da rede pública diagnosticados com depressão; conscientização de pacientes e de pessoas que desenvolvam atividades junto às unidades de saúde estaduais e privadas quanto aos sintomas e à gravidade da doença e abordagem do tema, quando da realização de reuniões, como forma de disseminar as informações a respeito da doença.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

A deputada Doutora Paula (Progressistas) parabenizou o Tribunal de Justiça da Paraíba por ter elevado as Comarcas de Sousa e Guarabira à 3ª Entrância,...

Política

Por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) determinou a cassação dos registros de todos os candidatos proporcionais que disputaram o pleito 2020,...

Política

Os deputados estaduais aprovaram nesta terça-feira (17) pedidos feitos pela deputada Doutora Paula (Progressistas) para que o Projeto Cooperar distribua Kits de Equipamentos de...

Política

O governador João Azevêdo participou, nesta segunda-feira (16), no Centro de Convenções de João Pessoa, da solenidade de conclusão do curso de formação de...

Copyright © 2020 js freelas.