Ailton Suassuna diz que Tavares regrediu e oficializa pré-candidatura a prefeito – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Ailton Suassuna diz que Tavares regrediu e oficializa pré-candidatura a prefeito

O médico e ex-prefeito de Tavares, Ailton Suassuna, confirmou neste domingo (25) o rompimento com o prefeito Coco de Odálio e disse que não poderia manter uma aliança com uma gestão que fez o município regredir. Diante disso, Ailton confirmou a pré-candidatura a prefeito nas eleições desse ano.

“Sou pré-canditado pela vontade popular de mudança. Diante disso não podia me negar ao povo e seguir em um projeto que não acredito mais. A gente se enganou com esse primeiro mandato de Coco e vemos que não teve futuro para a população de Tavares. É pelos tavarenses que volto para disputar a Prefeitura”, afirmou  o ex-prefeito durante entrevista a rádio São Miguel FM.

Segundo Ailton, a aliança foi feita com Coco de Odálio há quase quatro anos por acreditar que seria dada continuidade a um trabalho que vinha sendo feito em Tavares. “Acreditamos nesse projeto político e de governo. Passados os anos, o que vemos é que infelizmente a cidade de Tavares regrediu em muitas áreas como saúde, educação, infraestrutura, esporte, turismo e agricultura. Então a cidade passou quatro anos de atraso”, afirmou.

Sobre apoio dos parlamentares a sua pré-candidatura a prefeito, Ailton confirmou o apoio da senadora Daniella Ribeiro. Já com relação ao deputado federal Hugo Motta e o estadual Wilson Filho está para conversar sobre esse posicionamento de ambos em Tavares. “Espero contar com o apoio deles, mas a única certeza é que manteremos a nossa pré-candidatura a atendendo a vontade do povo”, frisou.

Unidade das oposições

Ailton Suassuna revelou que a vaga de vice-prefeito ainda está aberta e que vai, como oposição, buscar um nome que agregue. Disse que vai procurar os também pré-candidatos a prefeito Luiz Poeta e Maercio Diniz sobre uma possível unidade das oposições.

“Queremos unificar a oposição. Vou procurar conversar com ambos para que a oposição saia unida nessa eleição. E uma definição de uma candidatura única será pautada na vontade popular e por meio de pesquisas”, disse Ailton.

 

 

 

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 19 =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

O governador João Azevêdo promoveu mais 21 policiais militares por atos de bravura, que são ações que tiveram destaque e que se diferenciam por...

Política

O presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, conselheiro Nominando Diniz Filho, por meio de ofício circular (Nº 31/2024), direcionado aos prefeitos Municipais, convocou...

Política

A Paraíba é pioneira no país na identificação civil e emissão de documentos para pessoas privadas de liberdade. Em ampla matéria publicada nesta quinta-feira...

Política

Com recorde de público, o governador João Azevêdo presidiu, na noite desta sexta-feira (12), na cidade de Itabaiana (12ª Região Geoadministrativa), a penúltima audiência...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.