Aprovação a Bolsonaro despenca de 37% para 26% em uma semana, aponta pesquisa – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Aprovação a Bolsonaro despenca de 37% para 26% em uma semana, aponta pesquisa

Foto: Reprodução

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira (22) pela revista Exame feita pelo instituto IDEIA mostra que caiu de 37% para 26%, na última semana, a aprovação à gestão do presidente Jair Bolsonaro. É a maior queda semanal registrada pelo instituto desde o início do atual governo. A crise em Manaus, com o desabastecimento de oxigênio em hospitais, a indefinição no calendário de vacinação e o fim do auxílio emergencial são os principais motivos da queda, de acordo com os organizadores da pesquisa.

Já a desaprovação ao governo saltou de 37% para 45% desde o último dia 14. A rejeição do presidente é maior nos estratos de maior renda e de maior escolaridade. Entre os que ganham mais de cinco salários mínimos, 58% não aprovam a gestão do presidente. No grupo dos que têm ensino superior, 64% desaprovam o governo federal.

O levantamento foi realizado por telefone, em todas as regiões do país, entre os dias 18 e 21 de janeiro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

Após oito anos, a Prefeitura de Pedras Fogo irá antecipar a primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos municipais e o pagamento do...

Política

A Prefeitura de João Pessoa inicia neste sábado (19) a vacinação de primeira dose para pessoas com 48 anos ou mais. Exclusivamente para esse...

Política

O governador João Azevêdo assinou, nesta sexta-feira (18), durante transmissão ao vivo nas redes sociais do Governo do Estado, o projeto de Lei que...

Política

Mais 192 famílias vão poder morar em um espaço com segurança, dignidade e qualidade de vida. Elas vão habitar o Residencial Vista do Verde...

Copyright © 2020 js freelas.