ALPB celebra 40 anos de carreira de Clóvis Júnior com entrega da Medalha Epitácio Pessoa – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

ALPB celebra 40 anos de carreira de Clóvis Júnior com entrega da Medalha Epitácio Pessoa

O pintor, escultor e gravurista guarabirense Clóvis Júnior foi agraciado, nesta segunda-feira (11), com a Medalha Epitácio Pessoa da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), em razão do seu trabalho que levou o nome da Paraíba para o mundo e das ações em favor do desenvolvimento do Estado. A propositura foi da deputada Camila Toscano (PSDB) e marcou os 40 anos de carreira do artista.

“Falar em Clóvis Júnior e em arte Naif é falar da minha história por meio do meu pai Zenóbio. Eu e meus irmãos crescemos convivendo com artes de diversos artistas e de Clóvis que enche de orgulho a nossa Paraíba. Com suas cores e seus traços tão únicos, levou o nosso nome para o mundo. Clóvis é um orgulho para a nossa Paraíba e também para Guarabira e esta Casa tinha que reconhecer o seu trabalho e os seus 40 anos de carreira”, destacou Camila.

Clóvis agradeceu a honraria e disse que o reconhecimento o encheu de orgulho e também de responsabilidade. “Esse é um momento significativo que me encheu de honra, orgulho, emoção e também de profunda responsabilidade. A Medalha Epitácio Pessoa que recebo não é apenas um reconhecimento pessoal, mas sim um tributo à arte e a todos os artistas. Quando pinto sempre busco reproduzir a alma e essência do nosso Nordeste. Eu pinto a nossa cultura. Muito obrigado por essa honraria”, disse.

A sessão solene contou com as presenças do prefeito de Guarabira, Marcus Diogo; do vereador guarabirense Júnior Ferreira e a ex-deputada estadual Léa Toscano, além de familiares e amigos de Clóvis Júnior.

Perfil

Clóvis Dias Júnior, que tem como nome artístico “Clóvis Júnior”, nasceu em Guarabira, no Brejo da Paraíba, e aos 17 anos foi morar na capital João Pessoa. Sua primeira participação como artista foi no ano de 1983, aos 18 anos de idade. Os desenhos sempre fizeram parte da sua vida, seja através das leituras de histórias em quadrinhos, ou por meio das releituras dos personagens dessas histórias.

Em 1985, ingressou no Curso de Educação artística da UFPB e fez o curso de gravura com o professor e mentor Hermano José. Nesse período, o artista intensificou os seus estudos de desenhos e cores com a orientação do professor Hermano, e passou a conhecer os artistas emergentes e aqueles que já se destacavam em seus estilos. Clóvis Júnior trabalha com pinturas (em tela e em cerâmica), gravuras e também com esculturas em pedra.

Suas obras são pintadas em estilo Naif, em que as cores fortes e os temas, que em grande parte se relacionam com as festas, religiosidade e imagens da sua terra natal, são características que identificam o seu trabalho, assim como os elementos como os cajus, os bois e os pássaros, que se incorporaram as suas temáticas, a partir de sua percepção com o bairro do Bessa, local onde escolheu morar.

Sobre o impacto estético das telas de Clóvis Júnior, o jornalista, mestre em Artes pelo Instituto de Artes da UNESP, que integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA – Seção Brasil), Oscar D’Ambrosio escreveu: “A intensidade de suas cores chama a atenção pela criação de massas visuais separadas por contornos finos. O recurso dá aos seus trabalhos grande leveza e as figuras parecem flutuar no espaço nas mais diversas situações”.

Reconhecimento

O artista possui no seu currículo várias exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior, e várias premiações pelo trabalho que desenvolve sempre ressaltando e valorizando o seu lugar, sua região e o seu país.

Entre elas, se destacam: Prêmios/Títulos: 10 Lugar no Concurso Nacional de Cartazes Contra as Drogas, promovido pela ONU, Brasília-DF (1993); Troféu Paraíba Artista Plástico do Ano, João PessoaPB (1996); 10 Lugar no Concurso Listel/Telpa, Catálogo Telefônico da Parruba-PB (1997); XV Noite da Cultura da Paraíba, Menção Honrosa,João Pessoa-PB (2000); Comenda “Gente que faz a nossa Paraíba” e a Medalha Honorífica Osmar de Araújo Aquino, em Guarabira-PB (2008); Medalha Augusto dos Anjos, Assembleia Legislativa da Paraíba, João Pessoa-PB (2007); Título de Cidadão Pessoense, João Pessoa-PB (2006).

Exposições/Salões: Salão Cenas da Cultura Popular, Piradcaba-SP (1986); Mostra Internacional de Arte Ingênua e Primitiva, Menção Honrosa, Piracicaba- SP (1992); V Bienal Naifs do Brasil, São Paulo-SP (2000); Bienal NaIfs do Brasil, São Paulo-SP (2004/2006); III Bienal Internacional de Gravuras, Jundiaí-SP (2004); 10 anos do Centro Cultural Correios, Rio de JaneiroRJ (2003); Lendas e Crenças: Mostra Itinerante de Arte de São Paulo-SP (1997); 10 Salão MERCOSUL de Arte Sacra, Musée Internacional D’arte Naif- Vicq- France- 2005; Exposição Hendricks Tavern- NY- 2017; VI Festival Brasileiro em Orlando- USA- 2014; Espaço Cultural Antigua Casa Beban- Ushuaia- Arg.- 2018; Valencia Community College- Orlando- Flórida- EUA2018; Buenos Aires-Argentina (1996).

Ainda consta no currículo a participação do Livro Artistas Brasileiros, Senado Federal, Brasília, DF (2006); Participação do Livro Brazilian Art, São Paulo-SP (2005); Artista paraibano selecionado para compor Calendário 2005, CHESF, João Pessoa- PB (2005); além do XXVIII Anuário do Clube de Criação de São Paulo- SP (2003).

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + oito =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), anunciou, na manhã desta segunda-feira (4), a primeira mudança em seu secretariado visando a desincompatibilização de...

Política

Estão abertas as inscrições para o Seminário sobre “Atualização das Normas e os Desafios dos Agentes Políticos em Ano Eleitoral” realizado pela Federação das...

Política

João Pessoa será confirmada, nesta segunda-feira (4), como cidade-sede dos Jogos da Juventude 2024. O governador João Azevêdo, assinará, às 10h, no ginásio principal...

Política

Com mais de 140 ruas já executadas, somando cerca de 70 quilômetros, o programa Asfalto Novo, da Prefeitura de João Pessoa, segue melhorando a...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.