Berg Lima entrega renúncia e Câmara Municipal de Bayeux vai preparar eleição indireta para prefeito – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Berg Lima entrega renúncia e Câmara Municipal de Bayeux vai preparar eleição indireta para prefeito

Berg voltou a ser afastado novamente da Prefeitura pela Justiça em maio desse ano ao ser acusado de contratações de servidores fantasmas no ano de 2017

O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, entregou na manhã desta terça-feira (14) sua carta renúncia na Câmara Municipal. Com isso, os vereadores devem inciar o processo de preparação para realizar uma eleições indireta nos próximos 60 dias.

Nesta segunda-feira (13) o gestor esteve na Câmara Municipal para entregar uma carta renúncia que não foi aceira pelo presidente da Casa, o vereador Inácio Andrade. Segundo ele, a carta deveria ser entregue diretamente ao secretário legislativo que não se encontrava no local.

Segundo, o agora, ex-prefeito, sua missão à frente da Prefeitura de Bayeux foi cumprida, alegando que foi sempre vítima de perseguição política. Como justificativa para renúncia, Berg disse que a decisão foi tomada por questões familiares e também para garantir paz ao município.

Com a efetivação da renúncia, a Câmara Municipal terá que realizar uma eleição indireta para escolher um novo prefeito que ficará no comando administrativo da cidade até dezembro deste ano.

Berg foi afastado novamente da Prefeitura pela Justiça em maio desse ano ao ser acusado de contratações de servidores fantasmas no ano de 2017.

Confira a carta:

“Tive a honra e a felicidade de ser escolhido pelo povo de Bayeux para servir minha cidade na condição de prefeito. Por outro lado, desde então, as forças e os poderes que sempre tiveram interesses e dominaram a cidade sem cuidar do povo não se conformaram com a legítima decisão que cada cidadão e cidadã de Bayeux tomou nas urnas.

Vitima de uma armação jamais vista, fui afastado, perseguido, passei por uma verdadeira provação ao lado da minha família e dos poucos que querem realmente o bem da nossa cidade e da nossa gente. O justo prevaleceu e retornei à missão que me foi confiada pelo povo de Bayeux. Trabalhei dia e noite para honrar a confiança de cada cidadão, ainda mais quando tivemos que enfrentar bravamente uma pandemia sem precedentes.

Entretanto, ver Bayeux bem cuidada e no caminho certo incomoda muita gente, ainda mais em ano eleitoral. Arrumaram qualquer motivo para, numa clara perseguição pessoal, me afastarem mais uma vez e entregar a cidade na mão dos meus oportunistas algozes, verdadeiros tiranos que não guardam qualquer compromisso com nossa gente, numa trama medíocre e repugnante.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

O ponto facultativo do Dia do Servidor, comemorado tradicionalmente no dia 28 de outubro pela Prefeitura de João Pessoa, será transferido neste ano para...

Política

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) dá seguimento a uma nova pauta de distribuição de vacinas contra a covid-19. Nesta quarta-feira (20), serão...

Política

A Prefeitura de João Pessoa começa a aplicar, nesta quarta-feira (20), a D1 em adolescentes a partir de 14 anos sem comorbidade. A campanha...

Política

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), inaugura, nesta quinta-feira (21), na cidade de São José de Piranhas (PB), o...

Copyright © 2020 js freelas.