CRMV-PB e Abracrim alertam para maus-tratos contra animais; saiba como denunciar – André Gomes
Siga nas redes sociais

Cotidiano

CRMV-PB e Abracrim alertam para maus-tratos contra animais; saiba como denunciar

Neste Abril Laranja, mês dedicado à prevenção da crueldade contra animais, o Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba (CRMV-PB) e a Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim) alertam que maus-tratos contra bichos é crime e pode resultar em até cinco anos de prisão.

O advogado criminalista, associado da Abracrim, Gabriel Asfora, destaca que a Lei Federal n.º 9.605/1998 combate os atos de crueldade e maus tratos aos animais. O Art. 32 expõe que é crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. A pena é detenção, de três meses a um ano, e multa, podendo ser aumentada de um sexto a um terço, se ocorrer a morte do animal.

“Em 2020, com a Lei 14.064, a pena foi aumentada para quem maltratar cães e gatos. Quem comete esse crime será punido com 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda. Caso o crime resulte na morte do animal, a pena pode ser aumentada em até 1/3”, explica o jurista que é servidor da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado da Paraíba.

O presidente do CRMV-PB, o médico-veterinário José Cecílio, destaca que são considerados maus-tratos as atitudes que violam o bem-estar dos animais, entre elas abandono, descuido, não proteção, castigos físicos, privação intencional de cuidados ou alimentos, aprisionamento, falta de higiene no ambiente, abuso sexual, maus-tratos emocionais, mutilações (cortar rabo ou orelha, fazer tatuagem, colocar piercing, entre outros).

Saiba mais – Abril Laranja é o mês de conscientização das pessoas sobre maus tratos praticados contra os animais — sejam eles domésticos ou selvagens, grandes ou pequenos. Trata-se de uma iniciativa criada pela Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade a Animais (ASPCA).

Na Paraíba, o “Abril Laranja” dedicado a campanha de prevenção de crueldade contra os animais, passou a integrar o Calendário Oficial de Datas e Eventos do Estado com a Lei Estadual n° 12.332/2022

Como denunciar

Polícia Militar (em caso de flagrante) – 190

Polícia Civil (em caso de autoria desconhecida ou que precise de investigação) – 197

Site do Ministério Público Federalmpf.mp.br/servico/sac

Ibama  (no caso de animais silvestres) – Linha Verde (0800 61 8080) ou linhaverde.sede@ibama.gov.br

Safer Net (crimes de crueldade ou apologia aos maus-tratos na internet): www.safernet.org.br

Gerência Operacional de Políticas da Causa Animal: (83) 3133-3475

Sudema: DIFI – Divisão de Fiscalização: (83)3690-1965 ou (83)3690-1966

Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Sustentabilidade – SEMAS/PB: (83) 3133-4900

CRMV-PB (caso o autor seja médico-veterinário e zootecnista) – (83) 3222-7980

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 2 =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Cotidiano

O Sistema Nacional de Emprego da Paraíba (Sine-PB), a partir desta segunda-feira (13), disponibiliza 461 vagas de emprego, em 11 municípios paraibanos. Em João...

Cotidiano

O Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba (CRMV-PB) vai realizar em breve um concurso público para o provimento de vagas e  formação de...

Cotidiano

Atendendo solicitação do Ministério Público Estadual, o Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba (CRMV-PB) realizou, nesta quarta-feira (8), uma inspeção no Centro de...

Cotidiano

O Sistema Nacional de Emprego da Paraíba (Sine-PB) inicia o mês de maio disponibilizando 613 vagas de emprego, em 10 municípios paraibanos. Na próxima...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.