Estudo mostra ascensão de três cidades brasileiras a metrópoles – André Gomes
Siga nas redes sociais

Cotidiano

Estudo mostra ascensão de três cidades brasileiras a metrópoles

Um levantamento é feito a cada dez anos para definir a hierarquia dos centros urbanos e delimitar as regiões de influência das cidades

Campinas, em São Paulo, Vitória, no Espírito Santo, e Florianópolis, em Santa Catarina, passam a ser agora metrópoles brasileiras. Dessa lista, Campinas é a única cidade que alcança o status sem ser capital de um estado.

O resultado é fruto de pesquisa com dados do IBGE de 2018, divulgados nessa quinta-feira (25). Um levantamento é feito a cada dez anos para definir a hierarquia dos centros urbanos e delimitar as regiões de influência das cidades. O estudo também verifica o deslocamento feito, em média, pelos brasileiros na busca de bens e serviços.

Os dados também podem ser aproveitados para sinalizar ao governo federal onde implantar unidades administrativas de órgãos públicos, por exemplo, ou instalação de filiais de empresas.

O levantamento também revela que 32 cidades de 12 estados subiram ao nível hierárquico de capitais regionais, com destaque para os estados de Goiás, Mato Grosso e Rondônia.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Cotidiano

Policiais Militares do 3º BPM prenderam um homem e uma mulher suspeitos do crime de latrocínio, roubo seguido de morte, na tarde desse sábado...

Cotidiano

Uma pesquisa realizada pela Skol Diálogos em parceria com o  Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística (Ibope), mostrou que no Brasil, 92% das pessoas...

Cotidiano

Para estimular as vendas natalinas e de final de ano a Prefeitura de Princesa e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Princesa Isabel (CDL)...

Cotidiano

O cantor campinense Marcos Freire estará participando no próximo domingo (17) do quadro “Passa ou Repassa” do programa Domingo Legal do SBT. A sua...

Copyright © 2020 js freelas.