Galdino e a má vontade dos Secretários de Saúde – André Gomes
Siga nas redes sociais

Nota

Galdino e a má vontade dos Secretários de Saúde

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), não suportou ver o avanço da construção do Hospital Municipal de Uiraúna e fez um desabafo durante sessão desta terça-feira (17).

Galdino relatou suas tentativas, desde o governo de Ricardo Coutinho, em levar um hospital regional para o município de Pocinhos, mas sem sucesso. Disse que na época Ricardo foi sensível ao pedido que ficou barrado na Secretaria de Saúde.

O mesmo acontece hoje no governo de João Azevêdo. Segundo Galdino, o governador é sensível ao pleito, mas a Secretaria de Saúde não.

“A alegação é de que já tem hospital demais na Paraíba. Mas essa frase só é utilizada quando se pensa em construir hospital em cidade pequena. Agora nas grandes cidades essa frase não funciona, sempre se encontra uma justificativa técnica para a construção”, disse o presidente da ALPB.

De acordo com Adriano Galdino, existiu uma má vontade da secretária anterior e existe também essa má vontade por parte do secretário atual em levar unidades de saúde para municípios pequenos.

“Fica meu desabafo e a minha fala em respeito ao Sertão, ao Cariri e as pessoas que sofrem em ter que deixar seu município para ser atendido em grandes centros”, finalizou Galdino.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Nota

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), poderá retornar aos quadros do PSB ao que depender do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira. Nesta...

Nota

O presidente nacional do PDT, Carlos Luppi, afirmou em entrevista ao Correio Debate da 98FM, nesta terça-feira (14), o desejo da legenda de lançar...

Nota

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), pediu que os colegas deputados levem para a Casa debates “preparados e relevantes”....

Nota

Se vivo estivesse, o ex-senador José Maranhão completaria 88 anos nesta segunda-feira (6). O político foi uma das 583.628 vítimas da Covid-19 no Brasil. Maranhão...

Copyright © 2020 js freelas.