Governo da Paraíba promove inclusão digital com a entrega de tablets para jovens indígenas – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Governo da Paraíba promove inclusão digital com a entrega de tablets para jovens indígenas

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Ensino Superior (Secties), promoveu mais inclusão digital e oportunidades com a premiação de tablets para jovens indígenas que participaram da matarona de jogos Monhang Game Jam. Os dispositivos foram entregues, nessa sexta-feira (19), pelo secretário da Secties, Claudio Furtado, e pelo vice-governador Lucas Ribeiro, durante evento em alusão ao Dia dos Povos Indígenas, realizado na Aldeia São Francisco, em Baía da Traição.

De acordo com Claudio Furtado, o equipamento consolida o reconhecimento do trabalho de inclusão que está sendo realizado com os povos indígenas da Paraíba, levando empoderamento e inserção no mercado de trabalho. “Esses tablets vão ser muito importantes para a vida acadêmica desses estudantes que participaram dessa maratona”, comentou.

Nathália Sofia, de 16 anos, é estudante da Escola Estadual Indígena Pedro Poti, e representou os ganhadores da premiação durante a entrega dos equipamentos. Segundo ela, além da experiência que recebeu durante a participação na maratona, os tablets irão contribuir com os seus estudos. “Foi uma inovação para a nossa aldeia participar do game jam, a gente dividiu conhecimento, e agora com os tablets, vai ajudar muito na nossa vida, estamos muito animados e ansiosos para utilizar essa ferramenta”, disse,

Já o presidente da Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid), Percival Henriques, que também esteve presente na premiação, ressaltou a importância de não apenas proporcionar conectividade para todos, como também de entregar ferramentas para que essa inclusão possa acontecer de maneira eficaz. “Os tablets são equipamentos melhores para essas pessoas, que vão agora poder acessar a internet em uma tela maior, para além do celular”, afirmou.

Game Jam

A Monhang Game Jam é uma maratona de criação de jogos, ação inédita que aconteceu em dezembro do ano passado, na Aldeia Alto do Tambá, em Baía da Traição. Ao todo, 30 jovens participaram presencialmente e mais 25 em modo remoto trabalhando em regime de imersão para criar games a partir do tema “Como projetar a cultura indígena para fora”.

A maratona aconteceu durante o evento Acampamento Inclusivo, que tem como objetivo ser um espaço de diálogo e intercâmbio, reunindo uma diversidade de participantes, desde especialistas em tecnologia até representantes de povos indígenas. Essa é uma colaboração entre o Governo da Paraíba; a Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid); a Secretaria de Educação da Baía da Traição, e apoio da Prefeitura Municipal da Baía da Traição e do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br).

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 12 =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

O governador João Azevêdo recebeu, nesta quinta-feira (23), em João Pessoa, o embaixador de Portugal no Brasil, Luís Felipe Faro, ocasião em que apresentou...

Política

As principais regras para as Eleições municipais deste ano serão abordadas no Workshop Eleições 2024, que será realizado no próximo dia 28 de maio,...

Política

O Tribunal de Contas do Estado vai criar um grupo de trabalho para analisar os indicadores do Estado em relação ao alto índice de...

Política

O governador João Azevêdo anunciou a antecipação do pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário para todos os servidores públicos estaduais, que será...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.