Integrantes do Instituto de Direito Eleitoral da PB elegem nova diretoria para o biênio 2024/2026 – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Integrantes do Instituto de Direito Eleitoral da PB elegem nova diretoria para o biênio 2024/2026

Os membros do Instituto de Direito Eleitoral da Paraíba (IDEL-PB) elegeram, por aclamação, a nova diretoria e conselho fiscal para o biênio 2024/2026, que passará a atuar a partir do dia 1º de janeiro de 2024, tendo como foco as eleições municipais.
Foram eleitos para integrar a nova gestão: Diego Fabrício Cavalcanti de Albuquerque, presidente; Bruno Lopes, vice-presidente; Arthur Fialho, secretário-geral; Brena Nóbrega, secretária-geral adjunta; Antônio Leonardo, Tesoureiro; André Motta, diretor de eventos; Adriana Rodrigues, diretora de comunicação; Laura Veras, diretora acadêmica; João Ricardo Coelho, diretor jurídico e Anastácia Borges, diretora de interiorização.
Para o Conselho Fiscal foram eleitos: Mônica Nóbrega Figueiredo, presidente; titulares: Venâncio Neto, Myriam Gadelha, Pollyana Guedes e André Carvalho.
De acordo com o presidente eleito, Diego Fabrício, a nova gestão do IDEL-PB vai priorizar a promoção de discussões, eventos e ações relacionadas ao Direito Eleitoral, as Eleições municipais e ao fortalecimento da Democracia.  “Buscaremos fortalecer a parte acadêmica do Instituto com lançamento de um E-Book, a realização de eventos de cunho científico. Também vamos buscar firmar parcerias com OAB-PB, TRE-PB e PRE-PB para realização de eventos e seminários tendo em vista a eleição municipal que se avizinha”. Comentou o novo presidente.
Diego Fabrício vai substituir Eduardo Henrique Farias da Costa, que comandou a Diretoria do IDEL-PB no biênio 2021/2023. Ele agradeceu aos integrantes do Instituto pela escolha de seu nome e dos demais membros da nova diretoria, por aclamação, de modo que houve a manutenção do consenso dos que compõe o Instituto para convergência de ações em prol do fortalecimento do Direito Eleitoral na Paraíba.
O IDEL-PB foi criado em dezembro de 2010, por um grupo de 30 advogados, com o objetivo de aprimorar o estudo do direito eleitoral e discutir questões relacionadas à área. O primeiro presidente do instituto foi advogado Johnson Abrantes. Hoje já conta com quase 100 advogados  como membros, que atuam na área do Direito Eleitoral e têm como meta aprimorar cada vez mais o Instituto e facilitar a atuação dos advogados e advogadas eleitoralistas na Paraíba.
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 2 =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

Trinta e seis municípios da Paraíba têm o número de contratações por excepcional interesse público maior do que o número de servidores efetivos. Em...

Política

O Grupo de Trabalho de Prevenção e Combate à Violência Política de Gênero do Ministério Público Federal (MPF) acompanha em todo o país cerca...

Política

Os pequenos negócios da Paraíba fecharam o período do quadrimestre de 2024 com o saldo de 7.325 novos postos de trabalho no mercado. O...

Política

O governador João Azevêdo participou, virtualmente, da 33ª reunião ordinária do Conselho Deliberativo (Condel) da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), ocasião em que...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.