Integrantes do Instituto de Direito Eleitoral da PB elegem nova diretoria para o biênio 2024/2026 – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Integrantes do Instituto de Direito Eleitoral da PB elegem nova diretoria para o biênio 2024/2026

Os membros do Instituto de Direito Eleitoral da Paraíba (IDEL-PB) elegeram, por aclamação, a nova diretoria e conselho fiscal para o biênio 2024/2026, que passará a atuar a partir do dia 1º de janeiro de 2024, tendo como foco as eleições municipais.
Foram eleitos para integrar a nova gestão: Diego Fabrício Cavalcanti de Albuquerque, presidente; Bruno Lopes, vice-presidente; Arthur Fialho, secretário-geral; Brena Nóbrega, secretária-geral adjunta; Antônio Leonardo, Tesoureiro; André Motta, diretor de eventos; Adriana Rodrigues, diretora de comunicação; Laura Veras, diretora acadêmica; João Ricardo Coelho, diretor jurídico e Anastácia Borges, diretora de interiorização.
Para o Conselho Fiscal foram eleitos: Mônica Nóbrega Figueiredo, presidente; titulares: Venâncio Neto, Myriam Gadelha, Pollyana Guedes e André Carvalho.
De acordo com o presidente eleito, Diego Fabrício, a nova gestão do IDEL-PB vai priorizar a promoção de discussões, eventos e ações relacionadas ao Direito Eleitoral, as Eleições municipais e ao fortalecimento da Democracia.  “Buscaremos fortalecer a parte acadêmica do Instituto com lançamento de um E-Book, a realização de eventos de cunho científico. Também vamos buscar firmar parcerias com OAB-PB, TRE-PB e PRE-PB para realização de eventos e seminários tendo em vista a eleição municipal que se avizinha”. Comentou o novo presidente.
Diego Fabrício vai substituir Eduardo Henrique Farias da Costa, que comandou a Diretoria do IDEL-PB no biênio 2021/2023. Ele agradeceu aos integrantes do Instituto pela escolha de seu nome e dos demais membros da nova diretoria, por aclamação, de modo que houve a manutenção do consenso dos que compõe o Instituto para convergência de ações em prol do fortalecimento do Direito Eleitoral na Paraíba.
O IDEL-PB foi criado em dezembro de 2010, por um grupo de 30 advogados, com o objetivo de aprimorar o estudo do direito eleitoral e discutir questões relacionadas à área. O primeiro presidente do instituto foi advogado Johnson Abrantes. Hoje já conta com quase 100 advogados  como membros, que atuam na área do Direito Eleitoral e têm como meta aprimorar cada vez mais o Instituto e facilitar a atuação dos advogados e advogadas eleitoralistas na Paraíba.
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 5 =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) conclama prefeitos e prefeitas da Paraíba a votarem na ‘chapa da renovação’, na eleição da...

Política

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba, reunida na manhã desta terça-feira (20), impôs ao prefeito de Cacimba de Areia, Paulo Rogério...

Política

Os parlamentares estaduais aprovaram, nesta terça-feira (20), o projeto de lei 895/2023 de autoria da deputada Camila Toscano (PSDB), que institui a Campanha de...

Política

“É difícil viver em uma área de risco, principalmente na beira do rio”. O desabafo é da dona de casa Cleide Ambrósio, que vivia...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.