Investimentos do Governo da Paraíba proporcionam crescimento do turismo – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Investimentos do Governo da Paraíba proporcionam crescimento do turismo

Um ano de superação e números positivos. Esse pode ser o resumo do balanço nas áreas do turismo e economia da Paraíba que, em 2023, alcançaram resultados extraordinários e superou as melhores expectativas. O Governo do Estado investiu e implementou várias ações que proporcionaram o crescimento desses setores e trouxeram melhor desempenho e destaque para a Paraíba no decorrer do ano.

No turismo, os investimentos e parcerias com ações voltadas para o aumento do fluxo de visitantes resultaram em oportunidades de negócios e estímulo à geração de emprego e renda.

A ocupação dos hotéis superou a média de 70%, entre janeiro e novembro, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Paraíba (ABIH-PB). Em relação à ocupação registrada no mesmo período de 2022, os empresários do ramo comemoraram um aumento de 15% no número de hóspedes nos seus estabelecimentos.

Os incentivos fiscais do Governo às empresas aéreas e as ações de divulgação do Destino Paraíba possibilitaram a ampliação da malha aérea. Até novembro, os aeroportos Castro Pinto e João Suassuna registraram aumento de quase 20% na movimentação em relação ao ano passado, com 1,5 milhão de passageiros embarcando e desembarcando nos terminais de João Pessoa e Campina Grande.

A secretária do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Rosália Lucas, ratificou que o ano foi de recordes históricos. “A Paraíba deu uma virada de chave em 2023, ano de muito trabalho e grandes parcerias responsáveis pelas conquistas importantes que estamos vivenciando no turismo, um setor que impacta diretamente na economia e consequentemente na vida das pessoas”.

O secretário executivo de Turismo, Delano Tavares, reforçou que “a união do trade turístico, jamais vista no Estado, trouxe os melhores resultados e que a tendência é que esses números cresçam cada vez mais, fortalecendo a cadeia produtiva alimentada pelo turismo”.

Para o diretor da PBTur, Ferdinando Lucena, a hora é de colher os frutos, mas sem descansar no trabalho. “Esse ano participamos de eventos nacionais e internacionais e capacitamos mais de 50 mil agentes para vender o Destino Paraíba. No próximo ano vamos continuar marcando presença nas feiras, workshops e capacitações em todo o País para que possamos vibrar com resultados inéditos”.

A demanda do Centro de Convenções de João Pessoa é o espelho dessas ações que promoveram a captação de 118 eventos nacionais e internacionais, entre shows, congressos, simpósios e feiras. No decorrer deste ano, a estrutura de lazer recebeu um público estimado de 800 mil pessoas.

Na economia, os números também são promissores. De janeiro a novembro, a Paraíba gerou um saldo de 20.806 postos de empregos, numa balança de quase 187 mil empregos criados e 166 mil desligamentos. Atualmente, mais de 471 mil pessoas estão empregadas nos setores de serviço, comércio, indústria e agropecuária. Os dados foram baseados no Caged, divulgados nesta quinta-feira (28).

De acordo com a Junta Comercial do Estado da Paraíba (Jucep), quase 267 mil empresas estavam em plena atividade até o mês de novembro, com predominância para o comércio varejista de artigos de vestuário e o de produtos alimentícios. De janeiro até novembro de 2023, foi registrada a abertura de 45.997 novas empresas.

Grande fomentador do desenvolvimento e da economia criativa, o Empreender PB fechou o ano com 6.284 pessoas inscritas e 3.144 contratos fechados em 140 municípios e os investimentos nas diversas linhas de crédito superaram os R$ 26,4 milhões, até o mês de dezembro.

O Programa de fundamental importância para o micro e pequeno empreendedor esteve nos dois salões de artesanato de João Pessoa e Campina Grande, que este ano reuniram 900 expositores com faturamento superior a R$ 4,6 milhões nas duas edições.

Além dos salões, os artesãos, por meio do Programa do Artesanato Paraibano (PAP), tiveram a oportunidade de participar de 11 feiras ao longo do ano dentro e fora do Estado e conseguiram fechar um volume de vendas de mais de R$1 milhão nesses eventos.

Rosália Lucas destacou que todas as ações diretamente ligadas ao fomento do turismo são estimuladas pelo governador João Azevêdo e o vice-governador Lucas Ribeiro. “A gestão está num ritmo acelerado de obras estruturantes que vão beneficiar o turismo do litoral ao sertão, como o Pólo Turístico Cabo Branco, o projeto Bingo e a ponte que vai ligar Cabedelo a Lucena. Neste conjunto de esforços, as prefeituras são grandes parceiras e, junto com as instituições e o trade turístico, nós vamos manter esse movimento para continuar alavancando o turismo e aquecendo a economia do nosso Estado”, concluiu.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) conclama prefeitos e prefeitas da Paraíba a votarem na ‘chapa da renovação’, na eleição da...

Política

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba, reunida na manhã desta terça-feira (20), impôs ao prefeito de Cacimba de Areia, Paulo Rogério...

Política

Os parlamentares estaduais aprovaram, nesta terça-feira (20), o projeto de lei 895/2023 de autoria da deputada Camila Toscano (PSDB), que institui a Campanha de...

Política

“É difícil viver em uma área de risco, principalmente na beira do rio”. O desabafo é da dona de casa Cleide Ambrósio, que vivia...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.