Jutay destaca que aquicultura é atividade essencial para acabar com fome e defende mais investimentos no setor – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Jutay destaca que aquicultura é atividade essencial para acabar com fome e defende mais investimentos no setor

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) afirma que os resultados de produção da Aquicultura fazem dela a mais rápida das atividades agropecuárias, sendo capaz de alcançar facilmente o segundo dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – Fome zero e agricultura sustentável -, ainda que com alto crescimento da população mundial. Nesta segunda-feira (20), Dia Nacional da Aquicultura, o deputado estadual Jutay Meneses (Republicanos) destacou que a atividade essencial para acabar com fome no mundo e defende mais investimentos no setor

“A Aquicultura tem papel socioeconômico fundamental para o país, uma vez que influencia diretamente na geração de empregos e de renda, contribuindo para a meta de igualdade social. Dentro dessa perspectiva, é necessário que o Poder Público garanta mais atenção a esse setor, promovendo políticas públicas capazes de fortalecer ainda mais essa atividade capaz de garantir a redução da fome”, destacou Jutay.

Quando analisados os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que integram a Agenda 2030, observa-se o quanto a Aquicultura está relacionada com, no mínimo, nove deles; destacando-se os objetivos Fome zero e agricultura sustentável, saúde e Bem-estar e Redução das desigualdades.

Segundo Jutay, hoje a aquicultura é vista como alternativa bastante viável à pesca, por causa da redução da quantidade de peixes nos mares. Além disso, a criação de peixes em tanques-rede, ou em tanques escavados, pode ajudar a garantir um alimento mais barato e de qualidade, contribuindo, assim, para acabar com a fome que ainda existe em muitas partes do mundo.

O último relatório da FAO, chamado “Situação da Pesca e Aquicultura no Mundo” (SOFIA, em inglês), de 2018, aponta que Pesca e Aquicultura juntas poderão produzir 201 milhões de toneladas até 2030, o que representa 18% a mais em relação a 2016.

Na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado Jutay Meneses é o autor da propositura que cria a Frente Parlamentar da Pesca e da Aquicultura, atividades responsáveis pela geração de emprego e renda em todo o estado.

Homenagem – O deputado Jutay Meneses está em seu quarto mandato como deputado estadual e, desde o primeiro ano de atuação na Assembleia Legislativa da Paraíba, trabalha em defesa do segmento da pesca e da aquicultura. O parlamentar teve seu trabalho, em defesa da categoria e do setor pesqueiro no país, reconhecido nacionalmente ao ser homenageado pela Confederação Brasileira dos Trabalhadores da Pesca e da Aquicultura com a Comenda “Dr. José Ubirajara de Souza Coelho Timm”.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + sete =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

Trinta e seis municípios da Paraíba têm o número de contratações por excepcional interesse público maior do que o número de servidores efetivos. Em...

Política

O Grupo de Trabalho de Prevenção e Combate à Violência Política de Gênero do Ministério Público Federal (MPF) acompanha em todo o país cerca...

Política

Os pequenos negócios da Paraíba fecharam o período do quadrimestre de 2024 com o saldo de 7.325 novos postos de trabalho no mercado. O...

Política

O governador João Azevêdo participou, virtualmente, da 33ª reunião ordinária do Conselho Deliberativo (Condel) da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), ocasião em que...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.