Políticos e entidades paraibanas lamentam morte de Genival Lacerda vítima da Covid-19 – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Políticos e entidades paraibanas lamentam morte de Genival Lacerda vítima da Covid-19

Políticos e entidades da Paraíba lamentaram nesta quinta-feira (7) a morte do cantor e compositor paraibano Genival Lacerda aos 89 anos, no Recife, em decorrência de complicações da Covid-19. A informação foi confirmada pelo filho do artista, João Lacerda.

O governador João Azevêdo (Cidadania) manifestou profundo pesar pela morte do cantor e compositor paraibano. Em nota, Azevêdo se solidariza com familiares e amigos, externando condolências pela perda irreparável.

A vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) também lamentou a morte de Genival. “Genival Lacerda expressou como poucos a alma nordestina. Ícone do forró, cantor e compositor, suas músicas,  criatividade e alegria vão constituir para sempre parte importante da cultura brasileira. À família, aos amigos, aos milhões de fãs, minha solidariedade nessa hora de dor”,  sublinhou.

A senadora Daniella Ribeiro (Progressistas) disse que para todos os paraibanos e brasileiros que tinham em Genival a referência da boa música, um ícone do forró, o momento é de tristeza pela sua partida. “Genival tinha o dom de nos envolver com sua música e com sua alegria. Tive a honra de estar com ele no São João de Campina Grande, em 2019, terra onde ele nasceu, e que fazia questão de demonstrar o quanto a amava. Fica a saudade e um legado especial para as próximas gerações”, disse a senadora.

O senador Veneziano Vital (Sem partido) postou foto com o artista nas redes sociais e destacou o seu legado como ilustre paraibano de destacada atuação na música brasileira. “Hoje perdemos não apenas um grande artista, mas uma das maiores referências da nossa cultura paraibana, ícone do forró e exemplo para muitas gerações. O cantor e compositor Genival Lacerda deixa um legado de dedicação à música e de amor pela sua terra natal”, afirmou Veneziano.

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) ressaltou o legado deixado pelo artista na Cultura da Paraíba e de todo o Brasil, relembrou a amizade que Genival possuía com sua família, tendo ele inclusive participado muitas vezes de campanhas eleitorais do seu pai, Enivaldo Ribeiro e prestou sua solidariedade a todos os familiares e amigos. “A Paraíba perde hoje um dos grandes ícones da sua Cultura e representante da sua música. Nossa família também perde um grande amigo. Que Deus possa dar aos familiares e a nós seus amigos o alento necessário. Uma perda verdadeiramente dolorosa” disse o parlamentar.

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) lembrou a trajeto de Genival, cantor e compositor, que se destacava pela sua irreverência. Ele também externou seu sentimento de pesar à família pela perda. “Peço a Deus conforto para o coração dos familiares neste momento de tanta dor”, declarou.

Para a deputada estadual Camila Toscano (PSDB), Genival é símbolo da cultura e da arte popular do Nordeste e a sua partida representa luto para toda região. “Lamento profundamente. Genival Lacerda nos deixa e leva um pouquinho da gente. Ele marcou época e foi símbolo de resistência da mais genuína da nossa cultura. Ele tinha um o estilo próprio de cantar, mas também ganhou destaque pela alegria de ser nordestino e mostrar que música pode ter bom humor. Estamos todos de luto”, comentou.

A deputada estadual Doutora Paula (Progressistas) e o prefeito de Cajazeiras, José Aldemir (Progressistas), lamentaram o falecimento do cantor e compositor. “Genival Lacerda deixa uma lacuna na música nordestina, perdemos um artista da maior grandeza. Que Deus o receba de braços abertos”, comentou a parlamentar

Sobre a morte de Genival Lacerda, o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) destacou que o artista tinha talento único e lembrou que isso resultou na lei de nº 10980/2017, de sua autoria, que tornou Genival ‘Patrimônio Cultural da Paraíba’, após a aprovação do projeto na Assembleia Legislativa da Paraíba. “O Brasil perde um artista uma das maiores personalidades do forró brasileiro. Compositor, foi um dos primeiros a destacar o Nordeste em cenário nacional. O Brasil perde um grande talento e a Paraíba chora a morte desse campinense, que foi mais uma vítima desse vírus tão perigoso”, disse.

O deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB) lembrou da alegria contagiante do cantor. “A autenticidade e a alegria de Genival Lacerda ficarão de legado para a cultura brasileira. Ele representa a força das nossas tradições que rompeu as barreiras da Paraíba e ganhou o mundo”, comentou o parlamentar.

PMJP

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), disse que é com pesar que o Brasil se despede do artista e embaixador da cultura paraibana, que tanto nos orgulhou pela sua carreira musical bem sucedida e irreverente, e pelo seu caráter humano, com que sempre se portou diante das situações da vida. “É difícil ver os ícones da nossa cultura, nossos conterrâneos e amigos partirem, levados por um mal que avança de forma assustadora como o novo Coronavírus. Solidarizo-me com a família, amigos e fãs do cantor pela imensa perda. Que todos recebam o nosso abraço e os votos de sincero pesar neste momento de dor”, destacou.

PMCG

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), decretou luto oficial de três dias na cidade por conta da morte do cantor campinense Genival Lacerda. O gestor municipal disse lamentar profundamente a morte do cantor e compositor considerado um ícone da música nordestina. “Perde Campina, perde o Nordeste, perde do forró, perde o Brasil. Perdemos todos nós!” lamentou.

ALPB

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, em nome de todos os deputados e servidores da Casa de Epitácio Pessoa, lamentou a morte do cantor paraibano. Galdino destacou o importante papel que Genival Lacerda teve para o forró, levando o clima descontraído para suas letras e danças marcantes e com muito bom humor. “Genival Lacerda era um artista único, que inspirou e animou os paraibanos com seu jeito simples e desinibido”, resumiu.

Famup

Para a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), o artista foi capaz de trazer visibilidade para a Paraíba, sendo um dos pioneiros em compartilhar a cultura do Nordeste para o país inteiro. “Hoje se foi um homem responsável por dar um significado único ao forró brasileiro e seu legado é histórico, precisa ser relembrado por muitos anos e ensinado às próximas gerações. Infelizmente, foi mais uma vítima do coronavírus e desejamos conforto e paz para a família em um momento tão triste”, destacou George Coelho, presidente da entidade.

CMJP

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) também lamentou a morte do cantor paraibano. Em nota, a Mesa Diretora da Casa disse que Genival Lacerda deixa órfão cada paraibano que se acostumou ao bom humor do artista que chegou a ser apelidado de “Senador do Rojão”. Natural de Campina Grande, o cantor foi agraciado pela Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) com o Título de Cidadão Pessoense e a Medalha Cidade de João Pessoa.

Apam

A Associação Paraibana da Advocacia Municipalista (Apam) destacou a irreverência e o talento de Genival Lacerda, artista paraibano. “Genival Lacerda era irreverente e representava todo o talento, força e resistência do nordestino. A Paraíba e Brasil estão mais triste sem o artista, mas fica a sua obra”, disse o vice-presidente da Apam, Alberto Jorge.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

Em postagem feita agora há pouco no Twitter, o governador João Azevêdo (Cidadania) afirma ser falsa a informação de que as estradas durante o...

Política

A Paraíba recebeu neste domingo (20) mais 129.250 doses da vacina Astrazeneca que serão distribuídas com os 223 municípios para avanço no processo de...

Política

Os animais de estimação estão presentes em uma quantidade considerável de lares brasileiros. De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Instituto...

Política

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, continua internado na UTI do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, com o mesmo protocolo terapêutico recomendado pelo...

Copyright © 2020 js freelas.