Tovar defende que Paraíba assuma vanguarda na adoção de uma matriz de energia limpa – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Tovar defende que Paraíba assuma vanguarda na adoção de uma matriz de energia limpa

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) usou a tribuna da Assembléia Legislativa da Paraíba, nesta terça-feira (5), para falar sobre a importância do Estado ter uma matriz energética sustentável e de incentivar a produção e utilização do etanol.

“Em um mundo cada vez mais consciente da necessidade de preservação ambiental e mitigação das mudanças climáticas, é fundamental que a Paraíba assuma a vanguarda na adoção de fontes de energias limpas e sustentáveis”, disse.

Tovar, que foi designado vice-presidente da Comissão de Infraestrutura, Minas e Energia da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), destacou a importância da energia renovável e trouxe dados sobre o setor.

“Desde o nosso primeiro mandato, o setor sucroalcooleiro é uma das nossas bandeiras de luta, uma vez que  movimenta a nossa economia e promove desenvolvimento limpo. O segmento é responsável por 3% do PIB paraibano e empregou 19.353 pessoas”, disse.

De acordo com a Associação de Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), a safra 2022/2023 bateu o recorde desde 1980, com uma produção auditada de 7,7 milhões de toneladas de cana de açúcar. A produção do combustível etanol gerou um faturamento de mais de R$ 971 milhões.

Outro dado que Tovar levou à tribuna foi que em 2023, na Paraíba, foram usados 753.575.313 litros de gasolina, o que gerou 1.544.829 toneladas de CO2. “Já o etanol, em 2023, evitou a emissão de 375 mil toneladas de CO2, de acordo com dados do Sindicato da Indústria da Fabricação do Álcool no Estado da Paraíba (Sindalcool-PB)”, falou.

Outra grande potencialidade, destacada por Tovar, foi energia solar. O Brasil entrou em 2023, pela primeira vez, na lista dos dez países com maior potência instalada acumulada da fonte solar fotovoltaica. Atualmente,  a energia solar é a segunda maior geradora de eletricidade no Brasil, ficando atrás apenas da hidrelétrica.

O deputado também falou sobre a energia eólica, responsável pela geração de 13% da matriz elétrica brasileira, sendo essa geração capaz de abastecer 36,2 milhões de residências por mês, beneficiando dezenas de milhões de pessoas.

Atualmente, o Nordeste é responsável por 90% da produção eólica nacional.A produção está presente em 12 estados, incluindo a Paraíba, que conta com 33 parques instalados e 282 aerogeradores”, informou.

“Nossa luta é pela Paraíba, é pelo desenvolvimento regional, de forma sustentável e pautado na energia limpa”, finalizou Tovar.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 6 =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

O governador João Azevêdo recebeu, nesta quinta-feira (23), em João Pessoa, o embaixador de Portugal no Brasil, Luís Felipe Faro, ocasião em que apresentou...

Política

As principais regras para as Eleições municipais deste ano serão abordadas no Workshop Eleições 2024, que será realizado no próximo dia 28 de maio,...

Política

O Tribunal de Contas do Estado vai criar um grupo de trabalho para analisar os indicadores do Estado em relação ao alto índice de...

Política

O governador João Azevêdo anunciou a antecipação do pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário para todos os servidores públicos estaduais, que será...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.