139 mil mulheres são donas do próprio negócio na PB; projeto de Eduardo incentiva empreendedorismo feminino – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

139 mil mulheres são donas do próprio negócio na PB; projeto de Eduardo incentiva empreendedorismo feminino

Na Paraíba, 139.399 mulheres são donas do próprio negócio de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para estimular o empreendedorismo feminino na Paraíba, o deputado estadual Eduardo Carneiro apresentou na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) o Projeto de Lei nº 3.201/2021.

De acordo com a propositura, estão entre as ações de estímulo ao empreendedorismo: a capacitação e formação das mulheres para transformá-las em empreendedoras, através do estímulo ao ensino do empreendedorismo feminino nas escolas; da oferta de cursos técnicos; do estímulo à formação cooperativista. Além da promoção da cooperação e interação entre os entes públicos e o setor empresarial, estabelecendo iniciativas para o empreendedorismo feminino, bem como a facilitação do acesso das mulheres empreendedoras a linhas de crédito adequadas para criação, manutenção e expansão dos empreendimentos.

“Sabemos da capacidade que a mulher possui para administrar seu próprio negócio, nossa proposta com este projeto de lei é ampliar as ações de incentivo para que cada vez mais, as paraibanas possam encontrar nas suas habilidades uma oportunidade de empreender. Mudando, assim, a realidade à sua volta, contribuindo para economia local e fomentando o empreendedorismo”, destacou Eduardo Carneiro.

O deputado, que preside a Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da ALPB, destacou ainda que as mulheres têm disposição, interesse e vontade de empreender, e isso vem se refletindo na sua participação no empreendedorismo. Porém, ressaltou que para uma parcela significativa dessas mulheres não há acesso a linhas de crédito para iniciar o  pequeno negócio, que muitas vezes acaba sendo um empreendimento familiar que se sustenta pelo esforço comum da empreendedora e sua família.

“Por essa razão, é necessária a implementação de programas de incentivo ao Empreendedorismo Feminino, voltados a promover o acesso facilitado de empreendedoras a linhas de crédito, educação financeira e sistema diferenciado de garantias”, justificou.

Mais Dados

Uma pesquisa realizada no final de 2018 pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM) em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostrou que o Brasil possui, aproximadamente, 24 milhões de mulheres empreendedoras.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

A Prefeitura de João Pessoa segue realizando a testagem de Covid-19 e, nesta quinta-feira (27), serão disponibilizados dois pontos para a população: no Centro...

Política

Os Ministérios Públicos da Paraíba, Federal e do Trabalha, em coletiva nesta quarta-feira (26), recomendaram a exigência do passaporte da vacina em escolas públicas...

Política

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) fez um alerta, nessa segunda-feira (24), sobre o prazo final para o cumprimento da primeira...

Política

A deputada estadual Doutora Paula (Progressistas) parabenizou a Prefeitura de Cajazeiras, em nome do prefeito Zé Aldemir (Progressistas), e todos os professores pela conquista...

Copyright © 2020 js freelas.