ALPB aprova pedido de Doutora Paula para proibir suspensão de serviços de internet durante pandemia – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

ALPB aprova pedido de Doutora Paula para proibir suspensão de serviços de internet durante pandemia

Segundo a deputada, o ensino primário, secundário e superior tanto privado como público está aproveitando o usufruto destes serviços para tentar retomar as atividades educacionais

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou nesta quarta-feira (1) a Indicação 499/2020, de autoria da deputada Doutora Paula (Progressistas), que pede ao Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Marcos Cesar Pontes, a proibição do corte o corte da prestação dos serviços de internet motivado pela inadimplência por parte dos usuários. A deputada usa como base os milhares de estudantes de baixa renda que necessitam do serviço para continuar estudando através das aulas remotas.

A deputada destacou ainda o péssimo serviço oferecido por operadoras, principalmente no Sertão paraibano. “Verifica-se, principalmente no Alto Sertão, que as concessionárias em sua maioria não fazem mais investimentos e que, apesar do elevado número de clientes, não realizam as correções nem melhoram a capacidade do sinal que garanta a qualidade, velocidade e quantidade contratado pelos usuários”, disse.

Segundo a deputada, o ensino primário, secundário e superior tanto privado como público está aproveitando o usufruto destes serviços para tentar retomar as atividades educacionais, na tentativa de diminuir os prejuízos ocasionados pela forçada paralisação. Dentro deste contexto estão incontáveis alunos que não podem acompanhar as aulas ministradas pelos sistemas via Internet, pela sua condição financeira, criando então um colapso e contribuindo com o aprofundando, mais ainda, da crise educacional do país.

Também foi aprovado o Requerimento 9.817/2020 em que a deputada Doutora Paula requer encaminhamento de expediente ao Procon Estadual, solicitando fiscalização rigorosa das farmácias por conta da abusiva majoração dos preços dos medicamentos utilizados para combater a Covid-19, em percentuais acima dos índices autorizados pelo Governo Federal.

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

A Prefeitura de João Pessoa segue, nesta terça-feira (19), sua campanha de vacinação contra a Covid-19 iniciando a imunização da terceira dose em idosos...

Política

A chapa Atitude OAB – que disputa o comando da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba (OAB-PB) – foi registrada nesta segunda-feira (18)....

Política

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL)  que ingressou, nesta segunda-feira (18), com uma ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para suspender os...

Política

Nesta segunda-feira (18), a Paraíba divulgou o primeiro boletim diário de atualização sobre Covid-19 sem o registro de óbitos. Foram 580 dias desde o...

Copyright © 2020 js freelas.