Mesmo na pandemia, comércio pela internet cresce 30% e vendas on-line passa a ser oportunidade – André Gomes
Siga nas redes sociais

Negócios

Mesmo na pandemia, comércio pela internet cresce 30% e vendas on-line passa a ser oportunidade

A Abcomm estima que 80 mil novas lojas online tenham sido lançadas. Os números mostram um salto na venda virtual

Empresário Zetonio apostou nas vendas online

Em período de isolamento social, com pessoas em casa e lojas fechadas, tem aumentado as compras pela internet. Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), quatro milhões de novos clientes chegaram ao e-commerce. Os dados mostram ainda que as compras on-line cresceram 30% durante a pandemia. Para o presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Eduardo Carneiro (PRTB), essa é uma oportunidade para os empreendedores se reinventarem e até mesmo uma forma de estimular os paraibanos a começarem a empreender.

“Essa pandemia causada pelo coronavírus nos trouxe uma crise sem precedentes, principalmente nas áreas da saúde e na economia. Temos visto muitos empreendedores fechando as portas dos seus comércios e demitindo seus funcionários. Mas também diante da crise, temos visto um mercado amplo em plena ascensão. É hora de se reinventar, criar novas oportunidades para os negócios, oferecendo aos clientes produtos de qualidade de uma forma prática, pela internet”, destacou Eduardo Carneiro.

A Abcomm estima que 80 mil novas lojas online tenham sido lançadas. Os números mostram um salto na venda virtual de brinquedos (400%), artigos esportivos (200%) e cosméticos (80%). A plataforma de inteligência e pesquisa ‘NZN Intelligence’ destaca que 71% dos consumidores afirmam que pretendem aumentar o volume de compras online.

Especialistas apostam que os mercados que já estavam em ambientes digitais estão se favorecendo em tempos de isolamento social. Isso, pela facilidade de continuar entregando o produto ou serviço de forma segura e sem precisar do contato físico para isso.

O mercado em pleno crescimento atraiu o servidor público, Zetonio Alves da Silva, de 37 anos, que decidiu abrir o próprio negócio on-line. “Decidi abrir a loja virtual devido a um sonho antigo. Observando o crescimento do mercado, justamente nesse momento de pandemia em que o mundo se encontra, resolvermos colocar em prática esse sonho. Sendo assim, abrimos a ‘Lord Store’ de forma virtual pelo Instagram @lordstore20 para garantir a não exposição dos clientes que gostam de se vestir bem. Queremos que ninguém perca a autoestima e a esperança necessárias de que a vida vai voltar ao normal e para isso, precisamos estar bem vestidos”, destacou.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Negócios

Um prêmio para estudantes universitários e profissionais recém-formados nos cursos de Arquitetura e Design foi lançado essa semana em João Pessoa. O desafio é...

Negócios

Nutrir relações é um dos valores do Grupo Boticário e é por isso que, a partir de agora, o grupo se torna uma das...

Negócios

O filme para a campanha publicitária de lançamento dos novos itens de Intense by Manu Gavassi, linha de maquiagem cocriada pela artista junto ao Boticário,...

Negócios

Fundada em 1977, graças à ousadia e ao espírito empreendedor do empresário paraibano José de Arimatéa Rocha, a Construtora Rocha Cavalcante se transformou em...

Copyright © 2020 js freelas.