MPPB acompanha vacinação em Campina Grande e vai apurar denúncia de beneficiamento de pessoas – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

MPPB acompanha vacinação em Campina Grande e vai apurar denúncia de beneficiamento de pessoas

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) está acompanhando as medidas que estão sendo realizadas para a vacinação contra a covid-19 em Campina Grande. Sobre a denúncia de beneficiamento de pessoas que não constam no grupo prioritário, a promotora de Justiça da Saúde Adriana Amorim de Lacerda informou que ainda não recebeu, mas reiterou que tudo será apurado pelo MPPB e, caso seja comprovada, os envolvidos serão responsabilizados.

Ainda conforme a promotora Adriana Amorim, foi instaurado procedimento administrativo para acompanhar Plano Estadual e o Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19, bem como a preparação das Unidades Básicas de Saúde (UBS) para a aplicação da vacina em Campina Grande.. “Diante dessa nova fase, o Ministério Público está acompanhando em todo o Estado para verificar o plano de imunização e sua execução. É importante que os gestores sejam fiéis na execução dos planos e observância dos grupos prioritários, conforme informe técnico do Ministério da Saúde”.

A promotora destaca a importância de que os gestores observem as prioridades definidas pelo Ministério da Saúde em razão do quantitativo de doses recebidas não ser suficiente para todos. “Os gestores devem alimentar em tempo real os sistemas (Vacinômetro), informando os nomes das pessoas que receberam as primeiras doses, para que tenham acesso às segundas doses”.

Ainda conforme a promotora, a transparência nos dados é importante ainda para evitar preterimento. Caso seja comprovado que pessoas que não estão nos grupos prioritários receberam a vacina, serão tomadas providências para gestores, servidores e pessoas que receberam indevidamente os imunizantes. O desvio ou privilégio de pessoas acarretará em responsabilização”, declara a promotora.

Seringas

Antes do início da vacinação ocorrido nesta terça-feira (19/01), a promotora havia requisitado a comprovação da quantidade de seringas disponíveis. O secretário de Saúde respondeu que o município recebeu, no último dia 14, 120 mil seringas para o início do trabalho de imunização e que estava adquirindo através de processo licitatório eletrônico uma quantidade de seringas suficientes para vacina toda a população.

Na semana passada, a Promotoria da Saúde também realizou uma audiência para tratar sobre a atualização dos dados da Covid-19, em Campina Grande, em especial ao mais recente Plano de Contingência para o enfrentamento à Pandemia e ao Plano de Imunização proposto. Na audiência, foi definido que a Secretaria Municipal de Saúde vai encaminhar o relatório da situação da pandemia na cidade, referente ao período de dezembro de 2020 e a composição da nova Comissão de Acompanhamento da Covid-19 na cidade, no prazo de 10 dias. Também ficou definido que o Hospital Pedro I enviará relatório com o quantitativo de pacientes atendidos durante os meses de dezembro de 2020 e janeiro de 2021 (até dia 13).

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

Os filiados ao Podemos em Campina Grande se reuniram na noite desta quinta-feira (29) numa casa de recepções na Avenida Juscelino Kubitschek, na zona...

Política

Os advogados Rafael Vilhena, novo presidente da Abracrim-PB e ex-presidente da comissão de Justiça Criminal da OAB-PB, e Ítalo Oliveira, atual conselheiro seccional da...

Política

A Prefeitura de João Pessoa segue com sua campanha de imunização contra a Covid-19, nesta sexta-feira (30), ofertando a primeira dose para grávidas e...

Política

Francisco Bergson Formiga e Amadeus Lopes Ferreira foram os mais votados pelos membros do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e compõem a lista tríplice...

Copyright © 2020 js freelas.