Nordeste tem menor taxa de mortes por covid-19 e Famup destaca atuação dos prefeitos no combate a doença – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Nordeste tem menor taxa de mortes por covid-19 e Famup destaca atuação dos prefeitos no combate a doença

O Nordeste tem proporcionalmente a menor taxa de óbitos por covid-19 do Brasil, com índices inferiores de mortes em relação à média nacional (282 óbitos por grupo de 100 mil habitantes). Na região, a Paraíba está em sexto lugar com uma taxa 231,38 mortes por grupo de 100 mil habitantes. O resultado, segundo a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) se deve ao comprometimento dos prefeitos e gestores de saúde no combate à pandemia, desenvolvendo ações de cuidado e proteção da população.

Entre as medidas tomadas imediatamente pelos gestores paraibanos se destacou a necessidade de imposição de medidas restritivas e de distanciamento social, bem como a garantia de ações, de acordo com a ciência, nas decisões de enfrentamento da maior crise sanitária já vivida no mundo. Desde o início da emergência sanitária, a Famup esteve ao lado dos gestores. Emitiu alertas, editou recomendações, marcou posicionamentos, ligou por recursos e dialogou com os prefeitos.

A Federação emitiu alertas aos gestores para que buscassem manter os cuidados e levassem a saúde em conta, apesar da grande demanda e compromissos dos municípios em meio à pandemia. Se posicionou e orientou sobre funcionamento de estabelecimentos e defendeu o trabalho remoto dos servidores públicos.

“Nós sabíamos que o tempo era de trabalho árduo, incansável, mas que naquele momento era essencial que os gestores continuassem, dentro do possível, garantindo medidas sanitárias para garantir a vida da população”, comentou George Coelho, presidente da Famup.

Sabendo que a vacina era o caminho certo para redução do número de casos e mortes causados pela covid-19, a Famup defendeu entre os prefeitos a pesquisa ‘Unidos Pela Vacina’. O fornecimento de dados foi essencial para contribuir para um mapeamento e agilidade da vacinação no Brasil, fortalecendo assim o Sistema Único de Saúde (SUS).

Vacinação

O presidente destacou também a importância do Plano Nacional de Imunização (PNI) e as etapas do calendário que contemplou diversos profissionais e categorias da sociedade. Para George, a organização dos municípios no processo de vacinação e a busca ativa, vem garantindo a redução do número de pessoas infectadas e mortas pela covid-19. “Os prefeitos priorizaram a vacinação em seus municípios e isso foi importante. Foi e ainda está sendo um trabalho árduo, mas gratificante, ao vermos os resultados”, afirmou.

Entre os estados nordestinos, a pior marca é a do Ceará, com 246,6 mortes por grupo de 100 mil. E o melhor do país é o do Maranhão, com 143,33.

Número de mortes no Nordeste por grupo de 100 mil
Ceará 246,6
Sergipe 259,49
Paraíba 231,38
Piauí 214,48
Pernambuco 206,36
Alagoas 186,21
Bahia 180,29
Maranhão 143,33

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

A Prefeitura de João Pessoa segue, nesta terça-feira (19), sua campanha de vacinação contra a Covid-19 iniciando a imunização da terceira dose em idosos...

Política

A chapa Atitude OAB – que disputa o comando da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba (OAB-PB) – foi registrada nesta segunda-feira (18)....

Política

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL)  que ingressou, nesta segunda-feira (18), com uma ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para suspender os...

Política

Nesta segunda-feira (18), a Paraíba divulgou o primeiro boletim diário de atualização sobre Covid-19 sem o registro de óbitos. Foram 580 dias desde o...

Copyright © 2020 js freelas.