Abusos no judiciário – André Gomes
Siga nas redes sociais

Nota

Abusos no judiciário

Foto: Assessoria

“Aos 29 magistrados, o Tribunal de Justiça do Mato Grosso pagou R$ 5,9 milhões em dezembro. Um retrato do que é o Poder Público no nosso país. Houve desembargador que recebeu mais de 150 mil. Tudo legal. Tudo dentro da lei. De um país indecente e que se recusa a mudar chamado Brasil”.
Foi com essa frase que o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) mostrou indignação com o que aconteceu em Mato Grosso. O deputado paraibano é autor da PEC dos Penduricalhos que busca resgatar o comando constitucional sucateado de ter como referência remuneratória para toda administração pública os vencimentos do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), quando os pagamentos dos auxílios têm, corriqueiramente, em grande escala, viabilizado pagamentos muito acima do teto.
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Nota

A deputada estadual Doutora Paula (Progressistas) tem se mostrado uma mulher forte e preparada para enfrentar qualquer obstáculo. Mais uma vez está ao lado...

Nota

O ex-senador e ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) postou um vídeo em suas redes sociais relembrando a campanha para o Senado de 2010, sugerindo...

Nota

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) disse, durante entrevista a rádios do Sertão, que é candidato ao Senado nas eleições de 2022. Ricardo, mesmo estando...

Nota

Após decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba, a tentativa de organizar o funcionamento das atividades produtivas e a circulação de pessoas na cidade...

Copyright © 2020 js freelas.