Com participação de Kakay, Jessier Quirino, Niedson Lua e Oliveira de Panelas, advogados debatem direito e literatura – André Gomes
Siga nas redes sociais

Cotidiano

Com participação de Kakay, Jessier Quirino, Niedson Lua e Oliveira de Panelas, advogados debatem direito e literatura

Quando as palavras cumprem função além de argumentar, defender, avaliar, elas podem deixar de ser apenas ferramentas de trabalho, se transformando em caminho para o lírico, a rima e a narrativa. A Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas – Regional Paraíba (Abracrim-PB) realiza nesta quinta-feira (18) a ‘Quinta Criminal’, que terá como tema ‘Direito e Literatura – uma prosa poética jurídica’. No encontro, advogados e poetas irão abordar as afinidades e desencontros das pautas, que podem ser mais semelhantes do que parecem. O encontro virtual será encerrado com um recital de poesias.

O encontro terá a participação de poetas consagrados e advogados que compartilham o amor pela poesia, como o poeta-repentista Oliveira de Panelas, o poeta Jessier Quirino, o advogado e poeta Antônio Castro de Almeida (Kakay), o advogado e poeta Raymundo Asfóra Neto, a advogada e poetisa Mariana Teles, o magistrado e escritor Onaldo Queiroga, o poeta Niedson Lua, o poeta Nonato Neto, os advogados e poetas Renato Santos, Michel Paixão, as advogadas Mirian Monte e Luanna Dalya, além de tantos outros advogados e poetas.

O evento será transmitido pela plataforma Zoom a partir das 19h30 e terá a emissão de certificado para os participantes.

Organizador do evento, o presidente nacional em exercício da Abracrim, Sheyner Asfóra, ressalta que o Direito é uma ciência multidisciplinar que dialoga com todas as áreas do conhecimento. Ele aponta ainda o papel da cultura e literatura como uma ferramenta para a compreensão do mundo. “O criminalista precisa das ciências jurídicas, porém e, sobretudo, necessita mergulhar na cultura geral e apreender o universo poético para que tenha uma sólida formação humana e profissional”, analisa o especialista, que relembra as palavras do pai, advogado e poeta Raymundo Asfóra: “Como um homem constrói a sua casa, construa-se a si mesmo e nele habite!”.

Sheyner destaca ainda que no dia da live será instalada a Comissão Nacional de Arte, Cultura e Literatura da Abracrim, que será presidida por Ezilda Melo – advogada, professora, mestra e escritora. Além de Sheyner, o evento tem ainda a organização de Ezilda Melo e pelo presidente em exercício da Abracrim-PB, Rafael Vilhena.

“Além de fomentar o acesso à arte e cultura, por entendermos que essas também são ferramentas para o crescimento do criminalista, vamos encampar campanhas de apoio e ajuda aos que se dedicam a arte e cultura que, neste tempo de crise provocada pela pandemia, estão necessitando de amparo e de uma mão amiga. Vamos dar a nossa contribuição”, disse Sheyner.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Cotidiano

Jhonny Diniz, de 12 anos, natural de Princesa Isabel, na Paraíba, chegou no melhor estilo sertanejo ao palco do programa The Voice Kids e...

Cotidiano

O aumento constante no preço da carne bovina e de frango tem levado consumidores a buscar alternativas, na hora das compras. Mas, no prato,...

Cotidiano

O golfinho da espécie cabeça-de-melão, que foi encontrado morto, na manhã desta quarta-feira (16), na Praia de Formosa, em Cabedelo, será usado em ações...

Cotidiano

Entre os dias 14 e 22 de junho o professor Bruno Lira vai oferecer uma semana de aulas e simulados gratuitos sobre legislação para...

Copyright © 2020 js freelas.