Diretor-presidente da Codevasf desembarca em Campina Grande para tratar de problemas com Transposição – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Diretor-presidente da Codevasf desembarca em Campina Grande para tratar de problemas com Transposição

O diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Marcelo Moreira, desembarga em Campina Grande esta semana a convite do deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) e do prefeito da Rainha da Borborema, Bruno Cunha Lima (PSD), para averiguar e discutir os problemas da transposição das águas do Rio São Francisco. Na semana passada, o parlamentar foi até p local e verificou a paralisação do bombeamento das águas para o estado da Paraíba.

“Precisamos entender o que de fato está acontecendo e o principal, resolver esse problema para que as águas do São Francisco cheguem às bacias na Paraíba. É importante receber o diretor-presidente da Codevasf para avaliar e observar a situação essa importante obra para todos nós paraibanos”, destacou Tovar.

Durante sua visita às obras da transposição, o deputado Tovar constatou a falta de gestão no Eixo Leste, que desemboca do Rio Paraíba. “Há um ano sem ter água bombeada para o território paraibano, o local se encontra esquecido e sem qualquer assistência”, disse o deputado.

Também na visita, Tovar foi até os municípios pernambucanos de Sertânia e Custódia, que também compõem o bombeamento no Eixo Leste, e verificou que em ambos, as obras não estão paradas. Em Sertânia, apesar da boa conservação, há retiradas clandestinas de água e furto de equipamentos. Já em Custódia, o parlamentar averiguou que a estação de bombeamento opera com capacidade reduzida, já que não possui aporte hídrico para a Paraíba.

O deputado lembrou ainda que é importante uma manifestação por parte do Governo do Estado. “Temos que saber o que a gestão planeja, se já há algo em andamento e quais são os projetos a serem executados com essas águas do Projeto de Integração. É preciso do engajamento do governador João Azevedo, já que a Paraíba é a maior interessada que a transposição continue”, pontuou.

Desde 2019, quando houve a suspensão do bombeamento no Eixo Leste, o deputado cobra ao Governo Federal ações efetivas para garantir o retorno do funcionamento no local. Ele lembra que os canais foram criados para reforçar a segurança hídrica, acabar com a seca, auxiliar agricultores e abastecer os municípios paraibanos.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

A Prefeitura de João Pessoa retoma a vacinação da segunda dose contra a Covid-19, nesta segunda-feira (21), para pessoas que já atingiram o prazo...

Política

Em postagem feita agora há pouco no Twitter, o governador João Azevêdo (Cidadania) afirma ser falsa a informação de que as estradas durante o...

Política

A Paraíba recebeu neste domingo (20) mais 129.250 doses da vacina Astrazeneca que serão distribuídas com os 223 municípios para avanço no processo de...

Política

Os animais de estimação estão presentes em uma quantidade considerável de lares brasileiros. De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Instituto...

Copyright © 2020 js freelas.