Pedro critica Anvisa por ação para suspensão do trabalho da Abrace que assegura Cannabis medicinal para 14,5 mil brasileiros – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Pedro critica Anvisa por ação para suspensão do trabalho da Abrace que assegura Cannabis medicinal para 14,5 mil brasileiros

Foto: Divulgação

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) criticou nesta segunda-feira (1) a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em pedir na Justiça a suspensão dos direitos da Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace) de utilizar a Cannabis com fins medicinais. Para o deputado, a decisão da Anvisa coloca em risco a vida de 14,5 mil brasileiros que realizam tratamentos de saúde com a Cannabis por meio de ações desenvolvidas pela Abrace.

“É impressionante como um preconceito medieval ainda traz tanto sofrimento na vida de tantas famílias. Estamos falando do direito que o paciente tem de usar o seu remédio. Não importa se isso vem de uma planta a ou b. Importa se traz ou não a cura e nesse caso, comprovadamente as terapias funcionam”, disse Pedro.

Segundo o diretor-presidente da Abrace, Cassiano Teixeira, o pedido feito pela Anvisa foi recebido com indignação. “Eu recebi com muita indignação, pois a segurança da vida de 14.500 pessoas esta em jogo! O órgão federal que deveria cuidar das vidas esta colocando ela em risco. A AGU não tem ideia do que isso pode causar, ou se sabem, eles não ligam. E como se da noite para o dia, tentasse impedir de que fornecesse oxigênio só porque a Anvisa acha que oxigênio é remédio controlado”, desabafou Cassiano Teixeira.

O deputado ressaltou ainda o trabalho da Abrace que é localizada na Paraíba e foi a primeira do Brasil a ter autorização judicial para cultivar plantas ricas em canabidiol e tetra-hidrocanabinol para fins medicinais. Com essa finalidade, Pedro tem defendido que seja autorizada a produção da matéria-prima no país, para que outras associações também possam fazer o cultivo, suprir a demanda e beneficiar o maior número de pessoas.

Projeto

Na Câmara dos Deputados, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB) voltou a defender a aprovação do Projeto de Lei 399/15 que permite a comercialização no território nacional de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da ‘Cannabis Sativa’, planta conhecida como ‘maconha’. Ele pede que parlamentares tenham sensibilidade para tratar da pauta, que pode impactar na vida de milhares de brasileiros.

Membro da comissão especial da Câmara dos Deputados para regulamentação de medicamentos formulados com Cannabis, Pedro destaca que a substância tem ajudado pessoas que possuem quadro depressivo, convulsões, transtornos pós-traumáticos e diversas outras patologias. “A luta tem sido de quem precisa da Cannabis, de famílias que tiveram alívio após algum ente querido usar medicamentos à base da planta, mas precisa ser também do poder público. O assunto precisa ter o alcance de sua importância”, analisa.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

Em postagem feita agora há pouco no Twitter, o governador João Azevêdo (Cidadania) afirma ser falsa a informação de que as estradas durante o...

Política

A Paraíba recebeu neste domingo (20) mais 129.250 doses da vacina Astrazeneca que serão distribuídas com os 223 municípios para avanço no processo de...

Política

Os animais de estimação estão presentes em uma quantidade considerável de lares brasileiros. De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Instituto...

Política

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, continua internado na UTI do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, com o mesmo protocolo terapêutico recomendado pelo...

Copyright © 2020 js freelas.