Tovar pede inclusão de setor canavieiro no RenovaBio; Paraíba está deixando de receber R$ 12 milhões – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Tovar pede inclusão de setor canavieiro no RenovaBio; Paraíba está deixando de receber R$ 12 milhões

Os deputados estaduais aprovaram, nesta quarta-feira (27), dois requerimentos apresentados por Tovar Correia Lima (PSDB) em que apela pela aprovação de projeto, em tramitação na Câmara dos Deputados, que inclui o setor produtivo canavieiro no RenovaBio, instituído pela Lei 13.576/17.

Tovar explica que sem a aprovação do projeto, os produtores paraibanos estão deixando de receber até R$ 12 milhões equivalentes aos Créditos de Carbono (CBIOs) que lhes pertenceriam. Para receberem os recursos, é preciso que o projeto de Lei 3149/2020 seja aprovado e sancionado. O fato é que há três anos, a matéria tramita na Casa e ainda deve passar por cinco comissões.

A matéria é de autoria do então deputado e hoje senador Efraim Filho, e trata sobre a Política Nacional de Bicombustíveis. Os pedidos apresentados por Tovar são endereçados ao coordenador da bancada federal paraibana, Damião Feliciano, e ao deputado Rodrigo de Castro, presidente da Comissão de Minas e Energia na Câmara.

Atualmente, o projeto está sendo analisado na Comissão de Minas e Energia para, posteriormente, seguir para as comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça. “É preciso agilidade nesse processo e por isso estamos trabalhando para que essa pauta chegue ao plenário para votação o mais rápido possível.

Tovar destacou que o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), José Inácio de Morais, já foi inúmeras vezes à Brasília, participou de diversas reuniões com ministros e deputados federais junto com representantes da classe produtiva para solicitar celeridade na apreciação do Projeto de Lei que prevê a inclusão dos produtores no programa de remuneração do CBIOs.

“É essencial que o RenovaBio contemple o elo da cadeia produtiva que mais resgata carbono no campo, os plantadores. A aprovação desse projeto de forma célere é uma questão de justiça e por isso, vamos continuar atuando junto com a Asplan e os produtores para que o setor não seja mais penalizado”, afirmou Tovar.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 1 =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

O governador João Azevêdo recebeu, nesta quinta-feira (23), em João Pessoa, o embaixador de Portugal no Brasil, Luís Felipe Faro, ocasião em que apresentou...

Política

As principais regras para as Eleições municipais deste ano serão abordadas no Workshop Eleições 2024, que será realizado no próximo dia 28 de maio,...

Política

O Tribunal de Contas do Estado vai criar um grupo de trabalho para analisar os indicadores do Estado em relação ao alto índice de...

Política

O governador João Azevêdo anunciou a antecipação do pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário para todos os servidores públicos estaduais, que será...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.