Paraíba deve registrar 400 novos casos de câncer de Cólon e Reto; Lei institui Semana de Prevenção da doença – André Gomes
Siga nas redes sociais

Política

Paraíba deve registrar 400 novos casos de câncer de Cólon e Reto; Lei institui Semana de Prevenção da doença

A Paraíba deve registrar até 2025 um total de 400 novos casos de câncer de Cólon e Reto segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o que representa uma média de 7,14 casos por mês. No Estado, a Lei nº 11.016/17, de autoria do deputado Jutay Meneses (Republicanos), institui a Semana Estadual de Combate e Prevenção, que é realizada anualmente na primeira semana do mês de março.

“Mais uma vez reforçamos a importância dessa Lei. Temos que desenvolver ações para chamar atenção para esta doença, pois se detectado no início, as chances de cura chegam a 90%. Muitas pessoas demoram a detectar o problema no início por desconhecer os sintomas e também por não saber onde devem procurar atendimento. Informação é de extrema importância na luta contra o câncer”, disse Jutay.

A Lei do deputado Jutay Meneses prevê que durante a Semana Estadual de Combate e Prevenção ao Câncer do Cólon e Reto deverão ser realizadas, entre outras atividades, palestras e campanhas informativas, com os seguintes objetivos: alertar, educar e mobilizar a sociedade para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de intestino e conscientizar e tornar acessíveis informações voltadas aos direitos dos pacientes.

Também é prevista ações que possam sensibilizar a imprensa e por meio dela amplificar a disseminação das informações para o maior volume de pessoas; a promoção e conscientização sobre a existência de exames de prevenção, diagnóstico e tratamentos avançados e seguros, em especial a colonoscopia; além do fortalecimento do relacionamento junto a instituições e associações, que visem sobre o combate ao câncer do cólon e reto.

O número estimado de casos novos de câncer de cólon e reto (ou câncer de intestino) para o Brasil, para cada ano do triênio de 2023 a 2025, é de 45.630 casos, correspondendo a um risco estimado de 21,10 casos por 100 mil habitantes, sendo 21.970 casos entre os homens e 23.660 casos entre as mulheres. Esses valores correspondem a um risco estimado de 20,78 casos novos a cada 100 mil homens e de 21,41 a cada 100 mil mulheres.

A doença

O câncer de cólon e reto abrange os tumores que se iniciam na parte do intestino grosso chamada cólon, no reto, que corresponde ao final do intestino imediatamente antes do ânus, e no ânus. É uma doença heterogênea, que se desenvolve predominantemente a partir de mutações genéticas em lesões benignas, como pólipos adenomatosos e serrilhados.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 12 =

Publicidade
Publicidade

Notícias relacionadas

Política

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) finalizou, nesta segunda-feira (17), o julgamento da primeira ação de violência política de gênero do Estado, condenando...

Política

A senadora Daniella Ribeiro (PSD-PB) comemorou o resultado do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) que nesta segunda-feira (17) condenou o comunicador Célio Alves...

Política

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (17), no programa semanal Conversa com o Governador, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, a antecipação...

Política

Praias lindas, arquitetura histórica, paisagem encantadora, as delícias de uma gastronomia peculiar e, para completar esse cenário que já é perfeito, a cidade de...

Copyright © 2023 Feito com JS Dev.